Mascote: a importância desse elemento para os negócios

mascote caricato para os negócios

Não é raro encontrarmos uma mascote ou um personagem como representante visual de uma marca. Empresas utilizam desse recurso como forma de solidificar a sua marca no mercado, uma vez que o público geralmente se encanta quando se trata de um figura, principalmente se for simpática ou fofinha. 

O objetivo da mascote é transmitir a ideia de um negócio, atraindo as atenções de forma sutil, criando um vínculo por meio de humor, carisma ou simpatia e, consequentemente, ativa agradavelmente a memória. Essa experiência acaba se tornando mais especial, humanizada e difícil de esquecer. 

Quer saber mais? Continue lendo o artigo e você descobrirá muitas coisas sobre caricaturas, mascotes e sobre como você pode ganhar dinheiro fazendo mascotes caricatas

Mascote em caricatura: por que e como fazer?

As mascotes têm várias inspirações, como animais, seres fantasiosos como heróis, aliens, monstros, sereias, etc. Entretanto, também podem ser baseadas em pessoas, como o próprio dono do negócio.

Sabe o que mais? A mascote pode ser, inclusive, uma caricatura. O tipo cartonizado, por exemplo, que segue uma linha menos exagerada e são perfeitas para dar vida a mascotes inesquecíveis. E olha que isso ainda pode ser um negócio bem lucrativo! 

É importante salientar que as imagens são comunicação visual e que podem expandir o alcance de uma marca e ativar a ludicidade da audiência. Além disso, promove um reconhecimento rápido da marca. Quer um exemplo? Quando você vê uma mascote de um time de futebol, logo a associa ao time ao qual pertence. 

Temos vários exemplos de mascotes que ajudaram a popularizar uma marca, veja alguns:

  • Tony The Tiger, dos sucrilhos Kellog’s;
  • Ronald McDonald;
  • Bibendum, para que não o conhece pelo nome, é da marca de pneus Michelin;
  • Assolino, da Assolan, que entrou em cena quando a marca de esponjas de aço decidiu que era hora de disputar sério uma maior fatia de mercado.

Quais as vantagens de a empresa ter sua própria mascote?

Em primeiro lugar, a marca se torna mais forte e ganha mais notoriedade e referencial ao utilizar mascote personalizado.

Em segundo, há o aspecto financeiro, pois esse é um investimento único e com retorno certo. Importante salientar que se pode usar uma imagem de terceiros, no entanto isso envolve burocracia, custo financeiro, contratos e licenças — uma dor de cabeça. 

Por isso, pense em que legal seria ter a sua mascote personalizada, a sua marca com sua própria imagem e com uma identidade única. 

Como criar mascotes caricatas

Se você é dono de um negócio, tem uma ideia incrível que pode ser aplicada. Se você gosta de trabalhar com design, essa pode ser uma oportunidade única. 

Não sabe desenhar? Isso não é problema! A Caricaturbo tem a solução e pode ser sua porta de entrada para o mundo da caricatura e de todos os negócios que a arte pode envolver. E melhor ainda: você pode criar caricaturas mesmo sem saber desenhar!

Muito bom, não?

Esperamos que tenha gostado do post de hoje. Compartilhe e comente!

P.S.: Caricaturbo também é cultura: você pode estar se perguntando sobre termos usado A mascote e não O mascote, como costumamos ler o ouvir. Acontece que “mascote” é um substantivo feminino. Apesar de já ter uma corrente de linguistas que aceitam como substantivo masculino, a norma padrão da língua portuguesa ainda considera o gênero feminino.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar